Lembranças e carinho após a partida – Sugestões do Crematório Vaticano

Objetos, lembranças e memórias são formas de “guardar” o tempo vivido próximo à alguem.

Quando perdemos um ente querido, gostamos de manter as recordações e lembranças, tanto na memória e porque não num detalhe a ser carinhosamente apreciado. E foi pensando nestes momentos que o Crematório Vaticano, colocou à disposição algumas opções para que as cinzas possam ser guardadas eternamente !

Elas podem se transformar em peças exclusivas e personalizadas em cristais ou diamantes.

Uma homenagem marcante utilizada por parte das cinzas, resultantes da cremação que se transformam em lindos  pingentes a peças decorativas, em tamanhos e formatos variados, como coração, estrela, animais, instrumentos musicais, etc.

                       

Podem ser feitos cristais com cinzas humanas e também cinzas de animais, e o tempo de produção é de aproximadamente um mês. O Cristal é totalmente personalizado, podendo assumir formas de pingentes ou peças decorativas, esculturas em formatos variados, como corações, anjos, animais, instrumentos musicais, etc.

                     

Diamantes feitos de cinzas 

QUE LEMBRANÇA LINDA !!!!!

Uma pedra de diamante, feito das cinzas, essa opção incrível é também, realizada no Vaticano, pois tem parceria com uma empresa internacional, a pedra é criada a partir do carbono extraído das cinzas, técnica que esta empresa é especialista.

O diamante produzido em laboratório recebe um certificado de autenticidade, garantindo a qualidade e o valor da pedra. Com o diamante é possível contratar um joalheiro de sua confiança e produzir pingentes, anéis ou a sua joia preferida.

Os tamanhos variam nos quilates, podendo chegar até 1,5 quilates (7,3mm). Dentre as opções de cores, o cliente pode escolher a tonalidade amarela, azul ou branca. O diamante pode ser colocado em anéis, colares e pulseiras.

Mais opções de recordações carinhosas: Nessas peças as cinzas ficam colocadas dentro do acessório.

         

Mais informações através do site http://www.portalvaticano.com.br

Compartilhe:

WhatsApp
Telegram
Facebook
Twitter
LinkedIn

Anúncio

Colunistas