Conheça o Projeto ” O MUNDO É NOSSO” da advogada Nilzane Mabel Fornari.

Nilzane Mabel Fornari, é advogada em Camboriú́/SC. Dedica se a pesquisa científica sobre os direitos humanos desde a faculdade, passando pela especialização na mesma área pelo Ius Gentium Conimbrigae, da faculdade de Direito da Universidade de Coimbra e agora concluindo o Mestrado Profissional em Migrações Transnacionais pela Universidade do Vale do Itajaí́ – UNIVALI, com dupla titulação pela Univeristà degli Studi di Perugia, na Itália.

Conversei com ela e achei muito interessante, este projeto !!!!!!!!!!!! Palavras da Dra Nilzane.

Há aproximadamente 03 (três) anos um fato cotidiano me chamou atenção: eu havia acabado de apresentar um trabalho sobre Direitos Humanos e o Direito de Asilo na Universidade de Buenos Aires – UBA, na Argentina e, ao regressar, uma amiga pediu-me para conceder uma entrevista ao seu filho, então com 10 (dez) anos, para a realização de um trabalho escolar. Ele fez-me algumas perguntas e gravamos as respostas que seriam apresentadas em sala de aula. Até aqui, nada de incomum. No entanto, após a apresentação do dito trabalho, a professora chamou-me para ir à escola, pois queria me dizer pessoalmente quanto as crianças tinham se impressionado sobre o assunto e com os exemplos que eu havia dado, como o Haiti.

Depois disso, é como se uma chave tivesse virado em minha mente. Eu, que participava constantemente de eventos científicos pelo mundo, dentro das Universidades, vi-me diante de algo pelo qual eu jamais imaginei e este foi o ponto crucial na minha vida: as crianças não sabem e elas precisam saber, precisam compreender, pois elas detém um poder imenso de transformação!

Comecei a usar minha própria filha como laboratório e o resultado foi imediato. Eu percebi que, assim como existia um trabalho importante sobre a preservação do planeta através da reciclagem e as crianças ensinavam seus pais, elas também poderiam ser protagonistas como atores sociais diante do impacto que as migrações causam no mundo e principalmente no nosso país. E foi assim que nasceu o projeto “O mundo é nosso”!

 

“O mundo é nosso” tem o objetivo de servir como política de integração, que visa inserir essas pessoas na sociedade, não apenas atendendo às necessidades daqueles que chegam, mas também as daqueles que os acolherão, fazendo o intercâmbio de suas línguas, culturas e motivos que os levaram a migrar, vislumbrando a alteridade, a empatia, a não-discriminação e a paz. 

PROJETO MULTICULTURALIDADE E EDUCAÇÃO INFANTIL: capacitação de professores com foco na inserção e integração de crianças migrantes e nacionais.

A exclusão social é um fenômeno que não somente viola os direitos universais das crianças reconhecidos na Convenção Internacional sobre os Direitos da Criança, na Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, assim como no Estatuto da Criança e do Adolescente, mas também ameaça a estabilidade e a governação de uma sociedade justa e igualitária, assentada na dignidade da pessoa humana.

A ideia de uma infância globalizada corre risco, se não incluirmos na discussão, a questão das diferenças, da multiculturalidade e da diversidade. E é nesse contexto, sobretudo, pela migração transnacional intensa que vivemos nos últimos tempos e que, conforme relatório da Organização Internacional para Migrações (OIM), com expressiva projeção para 2050, que urge, a necessidade de um papel ativo das diversas ciências e instituições, notadamente na luta por uma mudança de paradigma, que considere as crianças como atores sociais, por meio do conhecimento e participação na disseminação de informações.

Desta feita, tem-se como objetivo principal deste projeto multidisciplinar, a capacitação de Professores, por meio de Curso Específico, atingindo diretamente o ensino fundamental e indiretamente a comunidade, como forma de política de integração, que visa inserir essas pessoas na sociedade, não apenas atendendo às necessidades daqueles que chegam, assim como, dos que os acolherão, fazendo o intercâmbio de suas línguas, culturas e motivos que os levaram a migrar, vislumbrando a alteridade, a empatia, a não-discriminação e a paz. 

PROJETO: “O MUNDO É NOSSO”: disseminando conhecimento sobre direitos humanos e migrações transnacionais às escolas brasileiras.

  1. DIREITOS HUMANOS
    • O que são direitos humanos?
    • Qual a base dos direitos humanos?
    • Qual a origem dos direitos humanos?
    • Quem protegem?
    • Quem obriga?
    • Quais características possuem?
    • Direitos Humanos e educação
    • Direitos Humanos como direitos dos migrantes
  2. MIGRAÇÕES TRANSNACIONAIS
    • O que são migrações transnacionais?
    • Por quais razões as pessoas migram?
    • Quem são as pessoas que migram?
    • Diferenças culturais
    • Discriminação e xenofobia
    • O que é tráfico de pessoas?
    • O que é refúgio?
    • Quem são as pessoas que solicitam refúgio?
    • Reflexões sobre as redes internacionais de migrações
    • O papel das redes locais de apoio e acolhimento
    • O Estatuto do Estrangeiro
    • A nova Lei de Migração
  3. NOVOS BRASILEIROS
    • Haitianos
    • Sírios
    • Venezuelanos
  4. INTEGRAÇÃO SOCIAL
    • A importância do papel dos educadores na integração social
    • Como aproximar migrantes e nacionais a partir de um ambiente escolar acolhedor?
    • Obra infantil: “O MUNDO É NOSSO” – uma abordagem infantil reflexiva e inclusiva.
  5. DINÂMICAS EFICIENTES

5.1 Atividades práticas para realização em sala de aula classificadas por faixa etária.

INFORMAÇÕES :

Nilzane Mabel Fornari
E-mail: nil.fornari@hotmail.com

Telefone: (47) 98463-7614

Instagram: @nilzanefornari 

Compartilhe:

WhatsApp
Telegram
Facebook
Twitter
LinkedIn

Anúncio

Colunistas